quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

Divagação de curto alcance


Tempo que cria, arquiteta, norteia, e mata. Faz cor e descolore. Relativiza e insinua certezas. Aos espertos deposita esperança, reservando a angústia apenas pra quem é muito ingênuo pra pensar sobre ele. É mestre de controversas clichês, ainda que seja belo e invisível.

Não se pensa sobre o tempo. Deixa-se morrer por ele, permitindo-se viver todas suas momentâneas belezas. Quanto a primeira parte não temos escolha. Desfrutemos da segunda então!

Um comentário:

  1. Fiquei divagando...
    Apareça lá.
    Retribuo sempre.

    ResponderExcluir

Faça parte desse texto. Comente!